• Isoflex
  • Organização
  • Saiba por que utilizar quadros como importante ferramenta dentro da Gestão à Vista

Saiba por que utilizar quadros como importante ferramenta dentro da Gestão à Vista

quaqro

Saiba por que utilizar quadros como importante ferramenta dentro do gerenciamento visual

Hoje estamos aqui pra lhe fazer uma pergunta: a utilização de quadros como ferramenta de gerenciamento visual apoia efetivamente a solução de problemas ou virou apenas uma “peça decorativa”?
Observe que, ao entrar nas empresas que utilizam o método lean, o que mais chama a atenção são os quadros utilizados para o gerenciamento visual. Eles devem ser entendidos como parte do sistema de gestão, caso contrário vão se tornar “decorativos” e resultarão em desperdício.

De acordo com o Vice-Presidente do Lean Institute Brasil, Flávio Augusto Picchi, antes de colocar informações à vista, a primeira pergunta a ser respondida é: “Qual é a necessidade? Para que e por que precisamos desse gerenciamento visual?”.

Empresas que limitam o seu gerenciamento visual a quadros informativos costumam mostrar a evolução de indicadores dos últimos meses. Sem dúvida são importantes, mas o fundamental é mostrar o status do trabalho, expor os problemas e desencadear respostas rápidas de questões, como por exemplo:

• Quais são as metas?
• Quais são os padrões?
• Qual é a programação?
• Estamos dentro das metas diárias?
• Quais são os problemas? Com estão sendo tratados?

Muitas pessoas ainda resistem a essa forma de gestão com a típica frase: “Já temos todos os dados nas planilhas do computador”. Porém, elas só entenderão a verdadeira efetividade dos quadros como importante ferramenta dentro do gerenciamento visual utilizando-os na prática. As informações até podem estar no sistema, mas se estiverem expostas de maneira resumida, compreensível e direta, gerarão uma transparência para todos da equipe.

Segundo Picchi, o sistema de gerenciamento visual lean tende ser o mais simples para ser incorporado à rotina, e a maior resistência do seu uso acaba sendo por questões comportamentais, como a citada no parágrafo anterior.

Mas vencidos os preceitos iniciais da sua utilização, escolha um quadro e defina o que nele será controlado. Outras dúvidas podem surgir: “Onde organizar as informações? Onde colocá-lo?”. Primeiro, esboce-o em desenho conforme as suas necessidades. Na sequencia encaminhe seu projeto para uma empresa capacitada na produção de quadros personalizados. Depois de pronto, lembre-se de colocá-lo em um local visível e próximo de todos que participam da rotina de discussões, correções e análises dos problemas.

Um bom gerenciamento visual mostra os desvios e propicia a qualquer líder e a sua equipe visualizarem a mesma base que utilizam diariamente. Assim, desenvolverão maior capacidade para a resolução de problemas em conjunto e com métodos muito mais eficazes. Pense nisso!