Como a Gestão à Vista pode motivar sua equipe e aumentar a produtividade

Para falar de gestão à vista é preciso avaliar a importância da imagem para o ser humano. O uso de imagens para retratar o ambiente é utilizado pelo homem há pelo menos 40 mil anos, quando se tem as primeiras formas escritas de comunicação: as pinturas rupestres. Durante a história da humanidade a comunicação pela visão passou a ser ainda mais explorada quando foi retrata pelas artes visuais e com a revolução industrial.

Não é difícil de entender a importância da imagem para o ser humano. Segundo dados da SBO(Sociedade Brasileira de Oftalmologia), 80% das informações processadas pelo cérebro vem através dos olhos. Portanto o uso da gestão visual não é uma novidade, porém a forma que isso é feito pode ser considerada um diferencial para cada organização, porque muda o comportamento do grupo, tornando-o mais eficiente, produtivo e motivado.

Gestão à Vista

Gestão à Vista

O uso estratégico da Gestão Visual

Conforme relata o presidente da ISOFLEX, Gilberto Hartmann: “O gerenciamento visual é muito útil para revelar problemas e mostrar resultados. Com ferramentas simples, como quadros brancos personalizados, é possível integrar toda a equipe, pois não basta deixar a informação apenas disponível para os colaboradores, ela precisa estar à vista para todos”.

De acordo com Jeff Sutherland em seu livro Scrum: a arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo”, a busca para criar um método de trabalho que tornam equipes comuns em grandes equipes. Uma de suas sugestões é uma reunião diária e rápida diante de um quadro de atividades, no qual todos do grupo compartilham a atividade que está realizando, o que fará no dia de hoje e quais obstáculos o impediram ou impedem de avançar.

Modelo ISOFLEX de quadro SCRUM:

quadro scrum

Objetivos claros e transparência

É notável que as pessoas sentem-se mais engajadas quando sabem o que devem fazer, porquê devem fazer e o que a organização espera dela. Diversas pesquisas provam que os colaboradores sentem-se mais motivados quando percebem que fazem parte de algo e estão inseridos dentro de um contexto.

Gerenciamento Visual permite que essa interação seja feita com mais facilidade, reunindo toda equipe em torno de um quadro para controlar indicadores, ações, problemas e compartilhar informações da organização. Esse simples comportamento aumenta a sensação de fazer parte de algo, pois o ser humano é um ser social e quanto mais estiver dentro de um grupo, melhores serão os resultados.

Elimine desperdício e bloqueios operacionais

O modelo de Gestão Toyota, desenvolvido pelo engenheiro Taiichi Ohno, prega que os desperdícios precisam ser eliminados rapidamente. Com o Gerenciamento Visual sendo realizado diariamente, a equipe citará o que os impede de executar suas atividades e cabe ao gestor do setor eliminar atividades que não geram valor.

É preciso combater o desperdício de forma ágil, pois ele afeta diretamente na produtividade e motivação do grupo. Assim, é necessário perguntar ao grupo, todos os dias, o que impede cada um de executar determinada tarefa? Ou o que poderia ser melhorado para que essa tarefa seja mais rápida?Desta forma, com o tempo, os desperdícios são eliminados e a equipe ganha mais produtividade.

Por onde devo começar a Gestão à Vista?

Gestão Visual é o ponto inicial da estratégia. Não se preocupe em definir o melhor protótipo, apenas comece gerenciando os indicadores, metas e tarefas. Assim perceberá qual é o melhor modelo para sua equipe. Empresas que constroem os sistemas de Gerenciamento Visual com suas equipes obtém resultados mais sólidos.

Portanto comece a usar a gestão à vista hoje na sua organização, controlando suas ações e seus indicadores num quadro. Mostre para todos do grupo o que cada um pode fazer para atingir os resultados!

Autor:

HUMBERTO CARLOS SANTIAGO